fbpx

TRATAMENTO ESPECIAL PARA PACIENTES ONCOLÓGICOS

Barini Ortodontia - pacientes oncolôgicos

Hoje o número de pacientes que se submetem a tratamentos quimioterápicos ou radioterápicos contra o câncer é muito grande. Entretanto, muitas vezes esses pacientes são pouco orientados em relação à saúde bucal.

Todos os pacientes que se submetem a tratamentos a base de quimioterapia ou radioterapia, devem passar por uma avaliação odontológica inicial. Desse modo, é possível identificar possíveis focos de infecções, receber orientações de possíveis complicações bucais e estabelecer condutas preventivas.

As principais complicações bucais em pacientes oncológicos:

Infecções dentais ou periodontais

O paciente que está em tratamento possui um grande risco de desenvolver uma infecção bucal a qual pode ser disseminada para outros órgãos, durante os períodos de mielossupressão induzida pela quimioterapia, levando a complicações ou até a necessidade de suspensão do tratamento oncológico.

Mucosite Oral

É uma das alterações mais comuns, no entanto, é a que causa mais incômodo aos pacientes oncológicos. É uma inflamação de mucosa da boca, que provoca múltiplas úlceras no palato, língua e bochecha. Em média 70% das pessoas desenvolvem mucosite oral, após serem submetidas à quimioterapia/radioterapia. Podendo chegar a 100% nos casos de altas dosagens, como nos casos de transplante de medula óssea.

A mucosite, além de atrapalhar a fala, faz com que o paciente não consiga se alimentar, piorando seu estado clínico.

O tratamento e a prevenção da mucosite podem ser feitos através da aplicação de laserterapia, por dentista especializado. Assim, o procedimento deve começar de forma preventiva na primeira sessão de quimioterapia.

A ação do laser terapêutico é decorrente do seu efeito fotoquímico, atuando no tecido alterado que absorve a radiação laser e a transforma em energia. Desse modo, impede que a mucosite se desenvolva, além de ter efeito curativo quando ela já está instalada.

Xerostomia

Também chamada de “boca seca” é motivo de grande desconforto para o paciente devido à diminuição ou parada do fluxo salivar. Nestes casos, o dentista dará algumas orientações, bem como indicará hidrantes bucais e bochechos específicos.

É muito importante o acompanhamento odontológico durante os tratamentos oncológicos.

Procure seu dentista para evitar complicações.

Siga a @bariniortodontia no instagram e fique por dentro das novidades.

 

Dr. Pedro Barini

Dr. Pedro Barini
Ortodontia
CRO-GO 3286

Deixe uma resposta

Open chat
Agende Sua Consulta