fbpx

Contenção de dente: saiba o que é e porque é necessário utilizá-la após o tratamento ortodôntico

Logo após o término do tratamento ortodôntico é necessário usar a contenção de dente para evitar que haja movimentação dentária e todo o seu tempo de dedicação seja prejudicado. 

A contenção dentária e de dente são a mesma coisa e utilizá-la é uma etapa indispensável o final do tratamento, principalmente pelo fato de auxiliar a manter o sorriso que você estava em busca. 

Para que seja um sucesso o seu tratamento é importantíssimo seguir as orientações do seu dentista, isso evita o trabalho em utilizar o aparelho fixo mais de uma vez. 

Quer saber mais sobre contenção de dente, como funciona e quais são seus tipos? Então continue a leitura, pois vamos explicar esses tópicos e muito mais! 

O que é a contenção dentária? 

Depois que o tratamento com aparelho ortodôntico é finalizado, a contenção dentária deve entrar em ação. 

Isso porque os tecidos que apoiam nossos dentes têm memória natural o que pode acarretar na movimentação dos nossos dentes. 

Essa movimentação pode ser chamada de recidiva dentária e pode afetar todo o tratamento que foi feito. 

Dessa forma é indicado utilizar técnicas para manter os dentes alinhados, neste caso a contenção dentária. 

A contenção de dente é um aparelho que pode ser fixo ou móvel, utilizado após o tratamento ortodôntico. 

Que tem como função manter os dentes alinhados após este período, ou seja, ela mantém a estabilidade das arcadas impedindo que a recidiva dentária aconteça. 

A contenção pode ser utilizada tanto na parte superior quanto na parte inferior. Na arcada superior, em situações em que o tratamento não foi para uma correção muito grave, geralmente utiliza-se o aparelho móvel. 

Quais são os tipos de contenção de dente? 

Como dissemos no tópico anterior, são dois tipos de contenção de dente: a fixa e a móvel. Vamos explicar melhor cada uma delas. 

Contenção móvel. 

O que a caracteriza é a sua mobilidade, onde é possível retirar o aparelho para se alimentar e escovar os dentes. 

A forma de como será utilizado  o dia todo ou somente no período noturno  é definido pelo dentista que fez o seu tratamento. 

Não confunda o aparelho removível com a contenção ortodôntica, isso é bem comum, entretanto, os dois têm funções diferentes. 

Enquanto o aparelho móvel é utilizado para mover os dentes até o desejado, ou seja, é possível fazer movimentações. 

Já a contenção não, ela deve ser usada somente para manter o alinhamento dos dentes, ou seja, evitar que ocorra a movimentação deles. 

Contenção fixa. 

A contenção fixa também pode ser utilizada na arcada superior. Ela pode ser uma opção para aqueles pacientes que são exigentes e, ao mesmo tempo, não conseguem manter uma disciplina com o aparelho removível. 

Entretanto, a contenção fixa é mais utilizada na parte interna da arcada inferior, ela pode ser definida, de forma simples, como um fio de aço fixado nos dentes frontais. 

Porém, é utilizada em tratamentos de longo prazo, que deve ser determinado pelo ortodontista. 

No caso da contenção fixa, deve-se ter atenção redobrada na higienização bucal, já que pode haver acumulação de alimentos com mais facilidade. 

Outro ponto importante é que a manutenção e a sua retirada só pode ser feita pelo seu ortodontista. 

Para quais casos a contenção de dente deve ser indicada? 

O uso da contenção de dente é indicado para todos os pacientes que passaram por tratamento ortodôntico. 

Entretanto, alguns pacientes precisam usá-la por mais tempo que outros, e isso é determinado pelo ortodontista que cuidou e acompanhou todo o tratamento. 

Isso porque tem pessoas que precisam utilizá-los por curto período, como algumas semanas, e outras que precisam utilizá-los a vida toda. 

Uma coisa é certa: ele é peça essencial para manter os resultados que foram alcançados no tratamento com o aparelho. 

Por quanto tempo deve ser utilizada? 

Como dissemos, o tempo varia de acordo com o perfil de cada paciente, ou seja, depende de como foi o tratamento e o nível do problema dele. 

Mas podemos dizer que o móvel não é utilizado por um longo período, é necessário por até dois anos. 

Agora, o fixo pode ser por tempo indeterminado. O paciente pode usá-lo a vida toda, isso porque a contenção fixa geralmente é colocada na arcada inferior, e os dentes dessa região podem se movimentar por mais tempo. 

Em suma, o tempo é determinado pelo profissional que acompanhou o tratamento, pois ele está relacionado a isso, principalmente ao tempo de uso do aparelho. 

Quais são os cuidados que devem ser tomados? 

Existem alguns cuidados relacionados à higienização bucal e também do aparelho. 

Veja abaixo os cuidados específicos: 

Cuidados com a higienização e alimentação. 

Existem cuidados adequados para quem utiliza qualquer contenção. Por exemplo, pacientes que utilizam a contenção móvel deve higienizá-la periodicamente. 

Para isso, é necessário separar uma escova mais dura somente para este fim, e limpar sem creme dental. 

Outro ponto importante é guardar na caixa de proteção totalmente seca e nunca deixá-la exposta à luz solar, muito menos deixá-la dentro do carro, no sol. 

Quando o paciente utiliza a contenção de dente fixa ele deve tomar cuidado com a alimentação, pois alguns deles podem movimentá-la ou até mesmo arrancá-la. 

A higiene bucal é importante para os dois tipos, por isso, mantenha uma escovação de qualidade ajuda a prevenir placas bacterianas e inflamações. 

Idas ao dentista. 

Um ponto importante para os dois tipos de contenção dentária é visitar regularmente o seu ortodontista. 

Se você utiliza a contenção móvel, você deve ir à clínica uma vez por mês, depois a frequência passa a ser semestral. 

Agora, se você utiliza a contenção de dente fixa, as visitas ocorrem em períodos mais espaçados. 

Mas lembre-se de que é necessário ir ao dentista independente do tratamento. Pois, um dos principais motivos do paciente precisar utilizar aparelho novamente é o uso incorreto da contenção. 

A contenção de dente é essencial para que os resultados sejam mantidos, por isso é tão necessário o paciente colaborar durante esse processo. 

E aí, gostou de saber mais sobre a contenção dentária e sua importância? Então conheça os benefícios da ortodontia na infância e na fase adulta!  

Open chat
Agende Sua Consulta