fbpx

5 ATITUDES QUE ESTÃO TE LEVANDO A UMA FUTURA GENGIVITE

gengivite - Barini Ortodontia

De repente, você começa a sentir sua gengiva inchada e repara que a região está mais vermelha que o normal. A hora de higienizar os dentes também passa a ser mais difícil, com sangramentos locais, especialmente na hora de passar o fio dental. Com o tempo, aparece aquele gostinho ruim na boca e os dentes começam a ficar cada vez mais sensíveis a temperaturas extremas.

Esses são sintomas claríssimos de gengivite, uma inflamação silenciosa e que muitas vezes nem causa dor. Mas que no entanto, pode levar a problemas bucais graves, como a retração na gengiva, a periodontite e até a perda dos dentes.

Uma coisa é certa: tratar a gengivite é relativamente fácil. Mas difícil mesmo é eliminar as atitudes que estão levando o paciente a desenvolver o problema, que tende a se repetir caso esses hábitos permaneçam na rotina.

Por isso, reunimos as principais causas da doença da gengivite pra você se prevenir antes que seja tarde:

1- Negligenciar o fio dental

Muita gente ainda deixa de lado o uso desse poderoso auxiliar da higiene bucal. Isso inclui aquelas pessoas que deixam para usá-lo somente uma vez ao dia. Além de aumentar a probabilidade de cáries, não usar o fio dental aumenta a probabilidade de formação de placa bacteriana, principal causador da gengivite.

2- Escolher a escova de dente errada

Na hora de escovar os dentes, o conforto deve sempre falar mais alto. Por isso, além de cerdas macias, sua escova de dentes deve ter tamanho proporcional à sua boca, que permita alcançar todos os dentes com facilidade. Assim você evita ferimentos e, consequentemente, futuras inflamações e retrações.

3- Escovar com força

Engana-se quem acha que colocar força na escova é sinônimo de dentes mais limpos. Muito pelo contrário, pois isso pode enfraquecê-los ao desgastar o esmalte do dente e ferir as gengivas. O que propicia a proliferação de bactérias causadoras da gengivite.

4- Não fazer limpezas periódicas no seu dentista

Quem deixa para depois a limpeza corre risco de visitar um profissional para tratar de gengivite, graças ao acúmulo de placa e tártaro, que como dissemos anteriormente, são as principais causas da doença.

5- Má alimentação

O que você come não influencia apenas na boa forma. Sua saúde bucal também reflete seus hábitos alimentares, que quanto mais saudáveis forem, mais te deixarão longe das doenças gengivais.

Agora é com você. Elimine todas essas atitudes negativas da sua rotina e fique atento aos sinais da sua gengiva. Em caso de dúvidas, estamos prontos para te atender!

Siga a @bariniortodontia no instagram e fique por dentro das novidades.

 

Dra. Caroline Machado
Dra. Caroline Machado
Periodontia
CRO-GO 6376

Deixe uma resposta

Open chat
Agende Sua Consulta
Powered by